Mulher.

Sou mulher.

Sou mulher e todos os dias, é o meu dia.
Todos os dias vejo-me obrigada a lutar para conquistar o meu lugar que me deveria ser dado naturalmente.

Ouço piropos e comentários desagradáveis. Se respondo, sou rude. Se me calo, é porque gosto.

Nós, mulheres, continuamos a morrer pelas mãos dos homens em quem confiamos. Nós, mulheres, continuamos a ser julgadas por todos à nossa volta.

Caracterizam o dia da mulher como sendo o único dia do ano em que as mulheres podem fazer o que querem, porque os restantes dias, não podem.

Então, não, não quero que me ofereçam flores, não quero que façam textos bonitos.

Quero que me respeitem, a mim, e a todas as mulheres. Não apenas hoje, mas todos os dias!

Obrigada.